Cassems integra ERP Senior com sistemas gestão MV e Benner e banco de dados usando Magic xpi

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) escolheu a plataforma de integração Magic xpi para gerenciar a migração e troca de dados entre o ERP da Senior com as aplicações de gestão da MV e Benner, além de diversos banco de dados, que movimentam mais de 400 gigabytes de informações relacionadas a mais de 216 mil beneficiários atendidos, entre eles os servidores públicos estaduais e municipais de várias cidades do estado. Atualmente, está em fase final de projeto para iniciar atendimento aos servidores públicos daquele estado, o que deverá triplicar o volume de dados a serem trocados entre os sistemas envolvidos.

A Cassems é uma associação civil privada sem fins lucrativos, autorizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a operar na oferta de plano de saúde complementar empresarial coletivo, na modalidade de autogestão, para os servidores públicos de Mato Grosso do Sul. O trabalho de integração teve início com a implementação do Senior (com base de dados Oracle), que necessita se comunicar com as aplicações de gestão próprias (banco de dados DB2). A plataforma Magic xpi foi escolhida para integrar estas bases e garantir a segurança e agilidade na troca de informações entre os sistemas.

Segundo Raphael Barbosa, gerente de TI, o crescimento da Cassems promoveu o aumento do volume de dados em toda a cadeia de atendimento e gestão de dados dos beneficiários, o que demandou melhorias no processo de gestão e integração entre os sistemas. "O atendimento a mais 216 mil beneficiários nos dá uma ideia da complexidade do nosso ambiente de dados, que envolve cerca de 2,3 mil profissionais médicos e clínicas conveniadas, além de 10 hospitais próprios e 80 centros de Saúde em várias cidades do Mato Grosso do Sul. A troca de dados eficiente e rápida, entre estas aplicações, é vital para a nossa operação", enfatiza ele.

A integração também permitiu à equipe de TI da Cassems melhorar o tratamento dos dados coletados. "Antes, a gente fazia o tratamento bruto para depois iniciar a integração, o que tomava muito do nosso tempo. Agora, realizamos o tratamento dentro do próprio Magic xpi, o que elevou a nossa produtividade e a qualidade dos dados tratados", explica.

A Cassems utilizava um integrador desenvolvido internamente, mas ele precisava ser atualizado para acompanhar a evolução do novo ambiente tecnológico, segundo relata Raphael Barbosa, e a opção pelo Magic xpi mostrou-se a melhor alternativa. "Levando-se em conta que a plataforma da Magic Software já encontra consolidada no mercado, oferece conectores prontos para uso e homologados pelos principais fornecedores de software e permite customização low-code", lembra Barbosa ao explicar os motivos que levam a empresa a optar pela plataforma da Magic Software.

Como resultado da mudança, o Magic xpi garante mais estabilidade aos sistemas e maior velocidade na troca contínua de dados, que antes era feito em um processo de cascata. "Faz algum tempo que a nossa equipe não se preocupa mais com o ambiente de integração, porque ele funciona muito bem e é muito estável. Para se ter ideia da sua qualidade, usamos alguns sistemas auxiliares para cadastros de beneficiários e os dados são coletados pelo Magic e enviados aos sistemas Senior, Benner e MV com muita eficiência", explica o gerente de TI da Cassems. "Estas fontes auxiliares chegam a ter 25 milhões de registros! Colocamos Magic xpi para realizar esta tarefa de integração e depois acompanhamos os observando os logs das suas atividades. O processo é tranquilo, sem problemas e muito eficiente. Com o Magic xpi a nossa produtividade com integração aumentou muito", finaliza.