Infectaram 13 milhões de PCs. Foram presos na Espanha

A polícia espanhola colocou na cadeia - pelo menos provisóriamente, quem pode garantir? - - a um grupo de cibercriminosos que mantiveiram 13 milhões de computadores sob controle "zumbiano" a partir de um botnet chamado "Mariposa".

O código maliciosos roubava informações de cartões de crédito e outros dados pessoais e financeiras e atacou PCs em residências, empresas, instituições financeiras e agências governamentais e escolas em 190 países.

O malware foi espalhado graças a uma falha de segurança no Internet Explorer e também consguiu contaminar os equipamentos cia uso de pen drives infectados, link web e acesso ao MSN.

Não foi informado o montande de dinehiro que chegou a ser retirado das vítimas.