Implementação da IoT exige interoperabilidade, segurança e padronização

A Internet das Coisas (IoT) é a estrela em mais um dia de conteúdos ricos apresentados na Futurecom Digit@l Week. No webinar ‘Estabelecendo o ecossistema IoT Interoperabilidade, Seguro e Padronizado’, foi imperativo entre os debatedores a importância da definição de padrões para toda a indústria para comunicações no processo máquina-a-máquina (M2M) e produtos IoT. A discussão abordou os principais desafios de interoperabilidade que surgem devido à gama de dispositivos e redes heterogêneas. Mas, afinal, como a rede 5G afetará o ecossistema de IoT?

Leia mais...

O futuro é da Internet das Coisas

Segundo o criador da expressão IoT, Kevin Ashton, ela está mais próxima do que imaginamos: no bolso de cada um de nós

Leia mais...

5G: ecossistema que vai impulsionar negócios em vários segmentos

As várias possibilidades que o 5G pode proporcionar são cada vez mais evidentes. E para colocar o Brasil em destaque em relação a outros países onde a tecnologia de quinta geração já está em operação, a Futurecom Digit@l Week ampliou o debate do tema nos webinars realizados hoje (27/10) ‘5G Interconectando Tecnologias e Serviços, transformando Negócios’ e ‘Enquanto o 5G não vem: Utilizando a Infraestrutura disponível para atender a Demanda IoT de diferentes Negócios’.

Leia mais...

Wi-Fi 6: saiba tudo sobre o mais recente padrão de rede sem fio

A sexta geração de conexões wireless apresenta importantes avanços em performance e segurança. O padrão 802.11ax, mais conhecido como Wi-Fi 6, é a geração mais recente de rede sem fio. Possibilitando conexões wireless muito mais rápidas, a nova tecnologia tem um ganho equivalente a 40% em velocidade comparado com a configuração anterior, como apontam testes realizados pelos canais da imprensa CNET e CIO.

Leia mais...

As perspectivas da IoT no Brasil e as vantagens de conhecê-la a fundo

O interesse em torno da Internet das Coisas (da sigla em inglês IoT, Internet of Things) deixou de ser, e isso há algum tempo, uma exclusividade dos entusiastas e especialistas em tecnologia. E não é fantasia afirmar que a IoT deixou de ser uma tendência (ou uma mera previsão) para se transformar em uma realidade que promove mudanças constantes e aceleradas nos mais diversos segmentos.

Leia mais...

A IoT e a convergência: como o uso da Internet das coisas pelo consumidor afeta as redes

Muitas vezes, quando as pessoas ouvem o termo Internet das Coisas (IoT), ou elas não fazem ideia do que seja, ou pensam em comerciais como o da Amazon, com o pai ligando o sistema de sprinkler para se livrar de visitas indesejadas. Geralmente definida como a conexão de objetos normais à internet para que possam enviar e receber dados, a IoT é um conceito relativamente novo, mas está se tornando cada vez mais importante para as vidas de muitos consumidores.

Leia mais...

Como o uso da Internet das coisas pelo consumidor afeta as redes

Muitas vezes, quando as pessoas ouvem o termo Internet das Coisas (IoT), ou elas não fazem ideia do que seja, ou pensam em comerciais como o da Amazon, com o pai ligando o sistema de sprinkler para se livrar de visitas indesejadas.

Leia mais...

Colaboração entre a área da saúde e as TIC é essencial para melhorar a qualidade de atenção aos cidadãos

Em toda a América Latina existem diferentes experiências de implementação das TIC nos sistemas de saúde com diversos enfoques, modalidades e serviços, de acordo com o relatório Casos de Estudo de Telessaúde na América Latina da 5G Americas.

Leia mais...

Isenção da franquia de dados é o caminho para telecom?

Recentemente, tenho visto alguns exemplos de operadoras de telecom no mundo todo fazendo campanhas “ilimitadas”, seguindo movimentos crescentes rumo a acordos de zero rating e analisando formas do uso dos dados dos usuários.

Leia mais...

MVNO: oportunidade em aberto no mundo de telecomunicações

Apesar do tamanho do mercado brasileiro de telefonia celular, o conceito de MVNOs (Mobile Virtual Network Operator) ainda é pouquíssimo explorado no Brasil. De acordo com os dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) o País fechou o mês de março deste ano com 242,8 milhões de celulares, o que representa uma densidade de 117,2 celulares a cada 100 habitantes do País.

Leia mais...