As perspectivas da IoT no Brasil e as vantagens de conhecê-la a fundo

O interesse em torno da Internet das Coisas (da sigla em inglês IoT, Internet of Things) deixou de ser, e isso há algum tempo, uma exclusividade dos entusiastas e especialistas em tecnologia. E não é fantasia afirmar que a IoT deixou de ser uma tendência (ou uma mera previsão) para se transformar em uma realidade que promove mudanças constantes e aceleradas nos mais diversos segmentos.

Leia mais...

A IoT e a convergência: como o uso da Internet das coisas pelo consumidor afeta as redes

Muitas vezes, quando as pessoas ouvem o termo Internet das Coisas (IoT), ou elas não fazem ideia do que seja, ou pensam em comerciais como o da Amazon, com o pai ligando o sistema de sprinkler para se livrar de visitas indesejadas. Geralmente definida como a conexão de objetos normais à internet para que possam enviar e receber dados, a IoT é um conceito relativamente novo, mas está se tornando cada vez mais importante para as vidas de muitos consumidores.

Leia mais...

Como o uso da Internet das coisas pelo consumidor afeta as redes

Muitas vezes, quando as pessoas ouvem o termo Internet das Coisas (IoT), ou elas não fazem ideia do que seja, ou pensam em comerciais como o da Amazon, com o pai ligando o sistema de sprinkler para se livrar de visitas indesejadas.

Leia mais...

Colaboração entre a área da saúde e as TIC é essencial para melhorar a qualidade de atenção aos cidadãos

Em toda a América Latina existem diferentes experiências de implementação das TIC nos sistemas de saúde com diversos enfoques, modalidades e serviços, de acordo com o relatório Casos de Estudo de Telessaúde na América Latina da 5G Americas.

Leia mais...

Isenção da franquia de dados é o caminho para telecom?

Recentemente, tenho visto alguns exemplos de operadoras de telecom no mundo todo fazendo campanhas “ilimitadas”, seguindo movimentos crescentes rumo a acordos de zero rating e analisando formas do uso dos dados dos usuários.

Leia mais...

MVNO: oportunidade em aberto no mundo de telecomunicações

Apesar do tamanho do mercado brasileiro de telefonia celular, o conceito de MVNOs (Mobile Virtual Network Operator) ainda é pouquíssimo explorado no Brasil. De acordo com os dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) o País fechou o mês de março deste ano com 242,8 milhões de celulares, o que representa uma densidade de 117,2 celulares a cada 100 habitantes do País.

Leia mais...

O que toda empresa deveria saber sobre IoT

A Internet das Coisas está muito mais próxima do que você imagina. Mais do que um produto ou software, o Internet of Things (IoT) é a capacidade de se receber informações, analisá-las e gerar uma ação automatizada com elas, sem a intervenção direta de um ser humano. Simplificando ainda mais esse conceito, a IoT diz respeito à máquinas captando informação e, com isso, gerando uma reação. Parece familiar?

Leia mais...

Nova era para hotéis e hóspedes

O setor hoteleiro do Brasil passa por um momento decisivo. Impulsionados por eventos internacionais como a Copa do Mundo da Fifa, em 2014, e a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, os hotéis se deparam com o novo perfil de hóspede. Assim como o novo consumidor, que chega a uma loja física apenas para ver um produto de perto, pois já o conhece em detalhes pelas informações na web, o hóspede atual é muito mais exigente em relação aos serviços e instalações dos hotéis. Impossível, então, negar a necessidade de renovação do parque hoteleiro instalado no país, principalmente de sua infraestrutura tecnológica.

Leia mais...

Autosserviço: um caminho sem volta

Apesar do crescimento da fatia pertencente à Geração Y entre consumidores e colaboradores no Brasil, ainda existe certa resistência de algumas empresas em adotar o autosserviço. Escrevo "apesar", pois esses jovens têm, entre suas características principais, a preferência por digitar números ou escrever textos ao invés de falar ao telefone com um atendente.

Leia mais...

Perspectivas 2015 para o mercado de Wi-Fi

2015 será o ano da 802.11ac. Agora que a tecnologia 802.11ac para o mercado consumidor e handhelds são comuns, empresas, locais de trabalho, organizações e escolas estão se apressando para apoiá-lo. A adoção de dispositivos inteligentes 802.11ac de consumo combinado com o crescimento contínuo do BYOD está forçando as organizações a migrar para a infra-estrutura Wi-Fi suportado-11ac, mais cedo ou mais tarde. (Na imagem o AP 802.11ac Ruckus ZoneFlex R600)

Leia mais...