Por que ficar ‘Rico” não precisa ser caro

Muitas empresas hoje sabem porque faz sentido mudar para RIA. Elas reconhecem os benefícios substanciais que podem ser obtidos com a migração, mas ainda estão relutantes em dar o próximo grande passo e desenvolver aplicações de negócios que incorporam a verdadeira essência do RIA corporativo, ou seja, uma rica experiência do usuário que melhora performance e produtividade.

Leia mais...

Agile Manufacturing é um diferencial competitivo

Os fabricantes estão evoluindo em uma economia globalizada onde o intercâmbio de bens e serviços está intensificado, estimulando a concorrência. Neste ambiente complexo, devem se adaptar ou vão sofrer.

Leia mais...

Exemplos do BI Microstrategy 9 para utilizar no uniPaaS

A Magic Software Enterprises demonstrou relatórios do Microstrategy 9 BI incorporados em uma aplicação RIA uniPaaS. Para que você mesmo veja, juntamente com todos os outros recursos do uniPaaS RIA,  você pode ir para http://blog.magicsoftware.com.br/riademo/  para visualizar como fica uma Rich Internet Application com BI incluído. O uniPaaS RIADemo incorpora treze diferentes relatórios do Microstrategy 9 Business Intelligence.

Leia mais...

Aplicações móveis corporativas: a qualquer hora...

Dez Perguntas Chaves para a Ajudar a Comparar Fornecedores MEAP.

Leia mais...

Aplicações Móveis Corporativas: Qualquer Applicação...

A mobilidade corporativa é, em parte, uma decisão sobre "como" desenvolver e implantar aplicativos móveis, mas também envolve sérias questões sobre "quais" aplicações implantar. O fato de que uma boa plataforma de aplicações móveis corporativas pode tornar os sistemas de software básicos da empresa acessíveis remotamente por um dispositivo portátil não significa necessariamente que todos os dados e funcionalidades devem ser expostos.

Leia mais...

RIA na Rede Local. Por que não?

Enquanto muitos assumem que todas as vantagens de uma aplicação RIA derivam dos benefícios ou necessidades de acesso a aplicativos remotos, existem realmente várias razões para considerar como RIA, ou talvez um termo melhor, Aplicações Ricas de Internet, mesmo quando elas serão executadas integralmente dentro de uma rede local (LAN).

Leia mais...

Utilizando EDI com ERPs

Utilizar EDI com ERPs (CIGAM, SAP, ORACLE, ABC71, JD Edwards, Benner, Senior entre outros) e aplicações de terceiros pode envolver grandes quantidades de transformação de dados e uso de mensageria.

Leia mais...

Desenvolvimento de soluções móveis corporativas

O conceito de Cloud Computing  trouxe aos dispositivos móveis uma forte demanda por soluções de negócios.

Não estou me referindo aos já consagrados aplicativos de e-mail, GPS, SMS e nem às antigas soluções off-line de captação de pedidos. A demanda agora é por soluções de negócios inseridas em processos de negócios essenciais da corporação e em tempo real.

Leia mais...

Desenvolvimento de interface JD Edwards requer a ferramenta correta

Imagine que a você tenha sido atribuída a tarefa de gerenciar o desenvolvimento de uma interface JD Edwards para a sua empresa, e agora? Você chama a Oracle, um integrador de sistemas, ou faz você mesmo?

Leia mais...

Scrum versus Scrum

scrum (n) (rugby formation) rúgbi: de jogadores amontoados, alinhamento (sm)
 rúgbi: scrum half linha média loc (sf)
scrum (n) UK, figurative (disorderly crowd), figurado tumulto, motim (sm)
desordem, confusão sf
 
figurado: rolo (sm)
 
Traduzindo: adotar scrum para não entrar em um scrum.