Desafios do home office: aplicação do compliance individual na jornada digital

As medidas atuais de isolamento social surgiram repentinamente com a pandemia da Covid-19 e trouxeram preocupações com a saúde pública, além de apreensões em relação à administração da vida pessoal e familiar. E nesta esteira de mudanças, passamos pela necessidade de aderir ao formato de trabalho remoto abrupta e continuamente, o que representou um impacto significativo para a maioria das pessoas.

Leia mais...

Como atualizar as estruturas de redes corporativas em um mundo ávido por conectividade

Para atender à demanda crescente por conexões mais rápidas, empresas investem na infraestrutura de switching Ethernet e aceleram a adoção de plataformas de 100GbE

Leia mais...

Clientes de redes sociais colocam bancos em risco

Em meio a tantos anúncios recentes de ataques e violações sofridos por instituições financeiras, a CLM, distribuidora latino-americana dedicada à segurança da informação, e a AppGate, empresa de cibersegurança que fornece soluções com base no princípio Zero Trust, confiança zero, alertam que informações e dados publicados nas redes sociais por clientes de bancos podem ser usados ​​por criminosos cibernéticos. “Educar os usuários e ter proteção digital eficiente permitem eliminar as tentativas de 'phishing', logo no início, reduzindo seu impacto,” advertem.

Leia mais...

Estudo sobre rastreabilidade aponta riscos à privacidade no projeto de lei "de combate às fake news"

Trabalho realizado pela InternetLab questiona: "PL das fake news: reter mensagens e dados privados para barrar compartilhamento em massa?"

Leia mais...

Recalibrando sua estratégia de prevenção de fraudes para a nova realidade

Tal qual um automóvel, a detecção de transações criminosas em uma organização deve passar por revisões periódicas para aumentar sua eficiência? Passados alguns meses desde a emergência do novo coronavírus, os impactos da crise de saúde pública e econômica já são notáveis para organizações no mundo inteiro. Um deles, infelizmente, é o aumento significativo na incidência de fraudes causada por diversos motivos como a disrupção de rotinas normais de trabalho e a pressão do lado de quem sofre os golpes, e a motivação financeira de quem comete esses atos.

Leia mais...

A computação em nuvem é mais segura contra cibercriminosos mal-intencionados?

A computação em nuvem revolucionou o mundo da TI, tornando mais fácil para as empresas implantar infraestrutura e aplicações e fornecer seus serviços ao público. A ideia de não gastar milhões de dólares em equipamentos e instalações para hospedar um data center local é uma perspectiva muito atraente para muitos. E certamente, mover recursos para a nuvem só precisa ser mais seguro, certo?

Leia mais...

A adesão ao home office e os ataques hackers: 4 dicas para mitigar os riscos

A adoção do home office pelas empresas como forma de garantir a continuidade de seus negócios em meio à pandemia foi um modelo eficiente e se revelou um caminho sem volta. Porém, a mudança ocorreu rapidamente e muitas organizações não tiveram tempo hábil de avaliar, de forma criteriosa, os riscos de segurança da informação envolvidos no trabalho fora das dependências corporativas.

Leia mais...

Riscos de ciberataques diminuem quando os funcionários são conscientizados desde o primeiro dia na empresa

Empresas que possuem diretrizes de segurança da informação, levam grande vantagem em relação a seus concorrentes, pois não só estão mais preparadas para tratar incidentes e estarem protegidas, como elevam o nível de segurança desta corporação.

Leia mais...

LGPD no RH: Impactos da lei de proteção de dados no setor

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que deverá entrar em vigor em agosto de 2020, veio para modificar consideravelmente a relação entre usuários e detentores de dados. Isso afeta as mais diferentes áreas das empresas e a área de recursos humanos não fica de fora dessa brincadeira.

Leia mais...

Quais são os próximos passos para a vigência da LGPD

Foi aprovado no fim de maio o Projeto de Lei nº 1.179/2020, no Senado Federal, que altera a data de vigência da Lei Geral de Proteção de Dados. O PL determinou que os artigos 52 a 54 da LGPD, que tratam das sanções aplicáveis em caso de violação da Lei, terão efetividade somente no dia 1º de agosto de 2021. Os demais dispositivos da Lei seguem com vigência no dia 3 de maio de 2021, conforme determinado pela Medida Provisória nº 959/2020.

Leia mais...