O que é necessário saber para ingressar em curso de programador mobile?

Se você está pensando em mudar de área e quer entrar para o mercado de desenvolvimento mobile Android ou iOS, uma dúvida é comum: que tipo de conhecimento prévio preciso ter antes de fazer a minha inscrição?

Você não precisa já ter programado na vida para entrar em um bootcamp (curso imersivo rápido) e aproveitar ao máximo. Mas existem sim dois tipos de conhecimento que vão te ajudar muito: Lógica de Programação e Programação Orientada a Objeto.

Se você não é da área, não precisa se assustar com esses nomes! Eles podem parecer algo complicado, mas na verdade requerem muito mais raciocínio do que conhecimento prévio. A Lógica de Programação trabalha com a forma como entendemos e raciocinamos na hora de escrever o código. É aquele momento no qual você entende que, fazendo essa ação, você consegue esse determinado resultado. Em poucas horas é possível dominar esse raciocínio e colocá-lo em prática.

Já a Programação Orientada a Objetos é um paradigma, um padrão que pode ser aplicado a diferentes linguagens. Ela traz a ideia de representação de cada elemento da programação em termos de objeto ou classe, aproximando o sistema criado ao mundo real. Isso é importante para facilitar o entendimento e também criar algumas aplicações, como herança (quando um objeto “herda” as características de outro) e encapsulamento (quando escondemos algumas propriedades do objeto). A verdade é que essas representações são mais simples do que parecem e acabam se tornando automáticas ao longo da sua trajetória como desenvolvedor.

Mas acredito que o principal para se dar bem em um bootcamp é gostar muito da plataforma que deseja aprender! Eu sei, essa é uma fala bem clichê, mas se você vai dedicar muitas horas para um mesmo assunto, ele realmente precisa ser algo interessante para você. Existem momentos nos quais você vai quebrar a cabeça para entender alguma etapa, ou localizar algum erro, então a jornada precisa sim ser muito divertida!

Se o seu sonho é se tornar um desenvolvedor de aplicativos para iOS, precisa também gostar muito de Macs. Já ter familiaridade com a plataforma facilita muito, pois os apps feitos para iPhones e iPads só podem ser desenvolvidos em Swift, que roda apenas no sistema Mac OSX. (Existem alguns emuladores para PC, mas o resultado nunca é o mesmo.)

Agora, se você já é familiarizado com o Android, pode preferir desenvolver apps para esta plataforma. Com seu modelo open source, é o sistema referência para quem quer começar a desenvolver aplicativos já que tem Java como linguagem essencial e agora o novo lançamento do Google a linguagem Kotlin. Além disso, o número de pessoas que utilizam Android também é consideravelmente maior quando comparamos com o número de usuários de iOS. Criatividade e sede de conhecimento também são fundamentais! Para um aplicativo fazer sucesso, ele precisa resolver um problema de uma maneira muito mais inteligente do modo como fazemos hoje. Ou então ele precisa trazer algo completamente novo, que encante os usuários. E para chegar nesse resultado é necessário muita pesquisa e uma boa dose de imaginação. Estar em constante aprendizagem é a melhor maneira para sempre conhecer o novo, aprender técnicas e estimular sua criatividade.

Um bootcamp é uma experiência intensa, mas muito divertida. Você conhecerá pessoas com os mesmos interesses e juntos vão passar por momentos de muita descoberta. É o caminho mais curto para quem deseja entrar no mercado de desenvolvimento mobile e exige uma boa dose de dedicação, mas em um espaço de tempo menor. Mas antes que você ache complicado encarar essa empreitada, lembre-se de que todo desenvolvedor um dia precisou começar do zero os seus conhecimentos. Você também vai conseguir.

S&M Manager da Quaddro, centro de treinamento focado no universo mobile.